Pular para o conteúdo principal

Tratamento de efluentes da indústria de laticínios


Comentários

  1. Dr. Alexandre, o senhor é o responsável técnico perante o Crea dessa ETE? Poderia nos mostrar o lançamento do efluente tratado no corpo receptor? Aceitaria tentar promover melhorias no processo partindo de cara que, se obter resultados positivos, o processo se tornaria de domínio público universal? Have a Big Nice Weekend!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola boa noite. Não está aparecendo sua identificação aqui. Está como Unknow. Bem não sou o responsavel pela ETE de lá mas prestei assessoria para redução de odor e reaproveitamento de resíduos, minha linha de pesquisa na universidade. O cinegrafista nao subiu até o filtro prensa para mostrar mas a água liberada apresenta baixa turbidez e DBO. Trabalhar com residuos de laticinios é sempre um grande desafio para reducao de DBO, mas um excelente material para uso agrícola quando bem manejado.

      Excluir
  2. Ola boa noite. Não está aparecendo sua identificação aqui. Está como Unknow. Bem não sou o responsavel pela ETE de lá mas prestei assessoria para redução de odor e reaproveitamento de resíduos, minha linha de pesquisa na universidade. O cinegrafista nao subiu até o filtro prensa para mostrar mas a água liberada apresenta baixa turbidez e DBO. Trabalhar com residuos de laticinios é sempre um grande desafio para reducao de DBO, mas um excelente material para uso agrícola quando bem manejado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A FARSA DO PREÇO DA GASOLINA

Minas Gerais, a prostituta da mineração

AS ABELHAS ESTÃO SENDO DROGADAS PELOS AGROTÓXICOS